A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! Quando o Poder do Amor superar o Amor pelo Poder, o mundo conhecerá a Paz; Jimi Hendrix. Na verdade somos todos UM!

08
Jan 18

DIVULGAÇÃO CÓSMICA REVELANDO UM PLANO MAIOR

David Wilcock entrevista a Corey Goode

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch



 
 
Divulgação Cósmica revelando um Plano Maior: Tudo bem, bem-vindos de volta à ” Divulgação Cósmica “. Eu sou seu anfitrião, David Wilcock , e eu estou aqui com Corey Goode. E neste episódio, vamos entrar em algumas atualizações muito emocionantes. Eu vi alguns dos pontos de bala sobre o que nós estamos indo falar hoje, e este será realmente um programa dos clássicos. Estou certo disso.   
 
Então Corey, bem-vindo de volta ao nosso show.
Corey Goode: Obrigado.
David: Quando o deixamos para trás, você tinha sofrido uma lesão no joelho enquanto voce estava caindo fora da espaçonave MIC – complexo industrial militar, MIC, no que você costumava chamar o Programa Espacial de nível Inferior; Nós estamos tentando dar-lhes um nome mais respeitável. Leve-nos até lá. O que acontece depois da lesão no joelho?
Corey: Bem, desde a última vez que falamos e que eu lancei mais uma atualização, logo depois de eu ter chegado em casa – foi por volta de outubro dia 26, no início da manhã – encontrei-me mais uma vez vestindo minha bermuda e camiseta T-shirt, sem sapatos, e andando no estacionamento atrás da minha casa. Eu acordei no meio da caminhada, e estava tentando descobrir o que estava acontecendo, mas eu ainda estou andando. Estou andando em direção a mesma espaçonave como da última vez, aquele que é do tipo formato de peixe quando você olha para ela desde seu topo.
David: Então esta é claramente uma espécie de nave anti-gravidade,. . .
Corey: Sim.
David: . . . Não uma aeronave regular por tudo?
Corey: Sim.
David: Ok.
nave-corey-goode
Nave que foi buscar Corey Goode em sua casa.
Corey: Então eu vejo os mesmos dois pilotos que da última vez. E como eu estava caminhando para cima, eles imediatamente me perguntaram se eu era fisicamente capaz de subir a escada.
David: Então, esses foram os pilotos que lhe trouxeram para casa na vez anterior e, em seguida, retornaram desta  vez?
Corey: Sim, eram os mesmas caras.
David: Ok.
Corey: Eles me pegaram nas escadas. Eu andei através da mesma sala de armazenamento, e eles me levaram para a parte onde eu já estive várias vezes antes, o que tem as camas que se dobram para fora da parede e com cadeiras.
David: A temida sala de interrogatório.
Corey: Certo. Parece um pequeno consultório médico.
David: Agora, você já teve algumas experiências bastante desagradáveis lá. Então, como você está se sentindo quando você se encontra incapaz de controlar a sua própria caminhada, e você anda voluntariamente até à esta espaçonave?
Corey: É. . . Meu coração estava batendo muito rápido. Era pura ansiedade.
David: Claro.
Corey: Meu coração estava batendo muito rápido. Estou respirando pesadamente. Estou tentando não demonstrar isso, porque você não quer mostrar qualquer tipo de fraqueza para esses tipos de pessoas.
David: É claro.
Corey: Mas eu tenho certeza que eles ainda podiam perceber ver isso pela minha expressão facial.
David: Sim.
Corey: Mas eu estava fingindo que eu estava sendo mais corajoso do que eu realmente era.
David: Sim.
Corey: Então eles se aproximaram, me colocaram naquela cadeira, me colocaram os cintos de segurança e me deixaram.
David: Uau!
Corey: Sim. Então a próxima coisa que eu sei. . .
David: Houve alguma coisa diferente sobre o interior da nave, ou tudo se parecia o mesmo?
Corey: Tudo parecia o mesmo. A energia era um pouco diferente. Parecia que eles tinham um pouco mais de uma energia amigável com eles – não estavam parecendo severos.
David: Ok.
Corey: Eles ainda eram militares.
David: Interessante. Então, mesmo que eles estejam prendendo você em um cinto de segurança onde você já foi torturado antes, de alguma forma as vibrações foram melhores desta vez com base no que você está dizendo sobre a energia?
corey-goode-interior-nave
Interior da espaçonave
Corey: Sim, um pouco mais descontraído. Não . . . Eu não diria amigável, mas mais amigável.
David: Correto. Você estava lidando com esse cara que se parece com Sigmund Freud ou com o do cabelo branco.
Corey: Sim, o do cavanhaque branco.
David: E ele não acreditava que tinha sido a esses lugares, mas você sabe que você esteve lá. E seu teste científico pretendia confirmar o que tinha ouvido antes, mas queria sua própria prova.
Corey: Sim. E eles tinham feito os mesmos testes antes, e ele queria ter o controle da evidência até o laboratório.
David: Ok. Então agora você está pensando que talvez algo saiu disto tudo, onde ficou que voce esta certo novamente, e isso mudou sua atitude. Talvez eles percebessem que não eram a única engrenagem da máquina, por assim dizer.
Corey: correto. Sim. Então eu estou sentado lá, e assim que eles retornam para o caminho de volta para a sala de armazenamento e a cauda da embarcação, e o cavalheiro mais velho sobre quem nós estávamos apenas falando, com a cavanhaque e cabelos brancos, veio caminhando rapidamente da frente da espaçonave.
David: Agora, ele nunca lhe disse seu nome, além disso, “Apenas me chame de senhor”?
Corey: Sim, de senhor.
David: Ok.
Corey: Ele estava dizendo: “Você sabe, agora eu acredito que parte do que você está dizendo é verdade com base nos resultados do teste. Então aparentemente, você estava em uma área próxima da que você alegou que pertencia.”
David: Hm.
Corey: Então eu não sei se fiquei aliviado ou não. Então eu estava apenas sentado lá ouvindo.
David: Então você acha que talvez. . . Quero dizer, isso seria obviamente um grande negócio para esse cara. Quero dizer, podemos chamá-lo por um nome, porque ele se parece com Freud. Poderíamos chamá-lo de Sigmund. Certo?
Corey: Ok.
David: Então Sigmund está agora sendo confrontado com evidências de que tudo o que a foi a sua vida foi construída em torno de uma mentira.
Corey: Sim. E essa é uma das coisas que ele mencionou, foi que ele, em particular. . . Eles estavam começando a sentir como se não estivessem no topo do pólo do totem inteligência da sabedoria sábio como eles tinham sido levados a acreditar.
David: certo.
Corey: Ele passou a dizer: “Eu estive realmente estacionado em várias bases na Antártida.”
David: Ele esteve? Sigmund foi à Antártida?
Corey: Ele foi. Sim. E isso chamou minha atenção. E ele disse . . .
David: Várias bases?
Corey: Sim. Sim. E ele disse que, debaixo da cobertura de gelo que cobre a Antártida, eles descobriram um número de cidades antigas, cidades arruinadas – e não apenas uma – e que, como eu havia relatado, encontraram animais antigos do tipo mamute, e também seres humanos que ele chamou de Pre-Adamitas.
David: Pré-Adamitas?
Corey: Sim. Estou assumindo que significa antes de Adão na Bíblia.
David: Certo.
Corey: E ele afirmou que, na verdade, eles eram tipo altos e magros, tinham crânios alongados e tinham proporções estranhas em seus torsos, e que obviamente não foram projetados para viver na pressão barométrica e a gravidade deste planeta, e que tinham um tipo de, eu acho, bases, estações onde eles estavam estudando a humanidade em continentes diferentes.
David: Ok.
Pre_adamitas
Seres pré adamitas
Corey: Houve algum tipo de catástrofe que ocorreu, e congelou a Antártida rápida e completamente. Assim, ele afirmou que esses seres pré-adamitas não tiveram acesso a suas cidades, suas cidades antigas, por mais de 10.000 anos, e que tinha sido um grande problema para eles. Estes eram os pré-Adamitas que estavam nestas pequenas bases aqui e ali em todo o mundo.  Depois que eles perderam o acesso a suas cidades antigas, eles começaram a se cruzar com a população humana local, e então você começou a ter estes seres híbridos Pré-Adamitas. E havia todos os tipos diferentes deles, porque eles estavam criando com raças diferentes. Havia alguns deles que tinham aparência africana, alguns deles tinham aparência caucasiana, e alguns deles tinham aparência sul-americana.
David: Ok.
Corey: Ele afirmou que as cidades remontam tão longe como quando estes seres aparentemente chegaram aqui na Terra 55.000 a 65.000 anos atrás.  Sigmund disse que a partir de seus briefings – esta é a informação que vem dele – aparentemente, eles vieram de outro planeta em nosso sistema solar que já não era mais hospitaleiro para a vida.
David: Ele disse qual era este planeta?
Corey: No. Parecia que ou ele não sabia ou que ele não estava querendo compartilhar comigo a intel.
David: Ok.

 
“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência de massa. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.” Arcanjo Miguel
 



Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br


 
Agradecimentos a: https://thoth3126.com.br/ ...




 
Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português: 
 




Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.






Atualização diária.



geoglobe1 esoterismo
Please do not change this code for a perfect fonctionality of your counter esoterismo
 
publicado por chamavioleta às 04:40

Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

15
16
17
18
19
20

21
22
25
26
27

28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO